Mercedes-Benz: a história mais linda do automobilismo

Carros Elétricos: quais são os modelos vendidos no Brasil?
14 de março de 2019
Venda consignada de veículos: conheça as vantagens
31 de maio de 2019

A marca vista como sendo de luxo, tem uma história comovente no mundo do automobilismo. Criado pelos considerados “pais do automóvel”.

Carl Benz, um dos criadores da marca, foi fundador da Benz & Cia (1871), onde criou o primeiro automóvel de 3 rodas, movido a motor por combustão interna. Pouco tempo depois, em 1891, Carl lançou o primeiro carro de 4 rodas – se tornando dono da primeira e maior linha de montagem do século XX.

Outra peça importante para a Mercedes-Benz, foi Emil Jellinek, conhecido pelo pseudônimo “Mercedes”, nome de sua filha, que usava nas corridas em que participava. Emil foi peça chave para divulgação dos carros produzidos pela Daimler (empresa de veículos criada por Gottlieb Daimler e Wihelm Maybach, em 1890). O sobrenome da filha de Emil foi dado ao motor de um modelo de marca, chamado de Mercedes 35hp.

Após a Primeira Guerra Mundial, Benz & Cia e DMG se unem e formam, em 1926, a Daimler-Benz AG, produzindo motores, automóveis e caminhões – com o intuito de alavancar a economia do país. Ainda em 1926, Carl Benz resolveu colocar seu nome no modelo Mercedes – que fazia parte da divisão de veículos da Daimler-Benz, criando a marca de luxo Mercedes-Benz.

No Brasil, a história da Mercedes-Benz começou na década de 50 do século passado, em 1956, com a comercialização de caminhões, em São Bernardo do Campo – São Paulo – com a fabricação do modelo L-312, sucesso vendas na época.

Com a abertura definitiva do mercado brasileiro para importações, os carros de alto luxo da Mercedes-Benz ganharam os ricos e poderosos do Brasil.

Compartilhe isto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *